Ayurveda, em Sanskrito, significa “A Ciência da Vida”.
Ayur = Vida   Veda = Verdade, Ciência, Conhecimento

As ciências indianas são vinculadas a filosofias, que formam um sistema lógico, refletindo uma experiência profunda e meditativa.

Ayurveda oferece muitas maneiras de prevenir doenças e adquirir longevidade saudável, respeitando as ações da natureza e do universo, através de sua evolução e criação. Este conhecimento apareceu na Índia há mais de 5.000 anos e foi ensinado por milhares de anos por Rishis (sábios) através da tradição oral de mestres para seus discípulos.

Mais tarde estes textos sagrados foram escritos em sânscrito, a Ayurveda foi mencionada nas Escrituras, os Vedas, e alguns exemplares foram distribuídos em templos. Pesquisas arqueológicas descobriram evidências de que algumas cirurgias aconteceram com sucesso, entre 3.000 e 5.000 anos atrás. Ayurveda também tem aplicação em energia atômica, ginecologia, pediatria, anatomia, ervas, psiquiatria e nutrição.

Esta ciência trata a raiz do desequilíbrio em uma abordagem individual, através de vários métodos de desintoxicação. São utilizadas ervas medicinais, massagens com óleos, terapias de aquecimento e inúmeros outros procedimentos.

Ayurveda é um sistema de saúde que permite a compreensão de como obter um estilo de vida mais saudável, através de mudanças sugeridas na alimentação, para equilibrar cada Dosha (Biotipo ou Constituição), Yoga, harmonização dos Chakras (centros sutis de energia ) e Meditação como ação multidiciplinar para prevenir doenças e restaurar a harmonia física, mental e emocional.

Deve-se enfatizar que a Ayurveda não é um substituto para a alopatia (medicina ocidental). Existem muitos casos em que o processo da doença e condições agudas podem melhor ser tratados com certas drogas ou cirurgia. Ayurveda pode ser utilizada em conjunto com a medicina ocidental, para fortalecer o paciente e diminuir seu sofrimento. “Dr. Vasant Lad”