Água, medicina natural

No Ocidente existe um “padrão”, que sugere que todos devem beber pelo menos 2 litros de água por dia, mas isso não deveria ser uma “fórmula”. A indicação correta é primeiro verificar se esta pessoa é saudável e, em seguida, um adulto saudável pode tomar cerca de 35 ml de água por quilo de peso corporal. Caso contrário, é muito importante um check-up, pois o excesso de água pode causar graves problemas cardíacos, cerebrais e renais.

Ayurveda existe há milhares de anos sob a ação dos cinco elementos da natureza, éter, ar, fogo, água e terra, que são a base das nossas diferentes características, os doshas. Entre esses elementos, podemos enfatizar a importância da água e sua influência em nossa existência.

Como um importante elemento da natureza, 70% do corpo humano é formado por água, mantendo-o hidratado e saudável. Além da limpeza corporal interna e externa, a água age sobre áreas sutis da mente e das emoções. Lembra da sensação que você sentiu quando foi ao mar ou em contato com uma cachoeira ou até mesmo esteve sentado perto de uma fonte de água? Lembre do frescor quando você bebe água em um dia quente…

Todas estas ações e muitas outras explicam a importância da água para a nossa existência e, tanto quanto a medicina ocidental, a Ayurveda também sugere o consumo de água, especialmente água fervida por 10 minutos. A diferença é o respeito pelo indivíduo e suas características pessoais (Dosha).

Em Ayurveda, é necessário conhecer primeiro qual elemento está desequilibrado e em seguida, obter uma prescrição personalizada. Também é dito que se uma pessoa tem retenção de líquidos, então é inadequado sugerir mais ingestão de água, uma vez que irá causar mais acúmulo no organismo. Assim, é importante controlar a quantidade de água que esta pessoa bebe e prescrever algumas ervas específicas, massagens, tratamentos e atividade física para eliminar o excesso de água.

A água limpa os tecidos internos e externos, por isso é tão importante para eliminar todas as toxinas do corpo, beber água quente ou morna para promover a boa saúde e longevidade.

Evite beber durante as refeições

Devemos evitar o consumo de qualquer bebida durante as refeições, até mesmo a água em excesso. Claro que é possível beber alguns goles em temperatura ambiente ou água morna ou chá de ervas. A água fortalece Agni (fogo digestivo) e ajuda a digerir os alimentos. A água gelada é ruim para todas as pessoas. Ele dá uma falsa sensação de frescor, mas pode bloquear os canais por onde fluem os alimentos, toxinas e energia. “Água gelada é um veneno para o sistema, uma vez que esfria Agni,” “A água quente é néctar”, diz o Dr. Vasant Lad.

Beba água quente ou morna

Beber água quente ou morna é muito saudável e uma das principais indicações da Ayurveda. Não podemos comparar a beber chá de ervas, pois as ervas funcionam de forma diferente em nossa digestão.

Mas, há um bom hábito que você já pode começar amanhã de manhã depois de acordar. Beba um copo pequeno de água quente ou morna. Não é um hábito fácil, mas é valioso. Esta é uma maneira de acordar seu corpo suavemente, preparando-o para iniciar as suas funções de forma gradual. Além disso, beber água em jejum ajuda a limpar o sistema digestivo, para ter uma boa evacuação e limpar o sistema urinário.

• As pessoas que sofrem de prisão de ventre sentem imediatamente os benefícios deste hábito.

Boa companheira no emagrecimento

Para aqueles que desejam perder peso, a água quente/morna é um ótimo remédio natural. Alguns goles de água quente durante o dia ajuda a limpar as toxinas do sistema digestivo, aumentar o poder de digestão e absorção dos alimentos, abrir os canais e controlar a fome. Muitas vezes você não está com fome, mas com sede.

Lembre que para limpar uma pia e seu ralo você usa água quente e a gordura é eliminada. Imagine a mesma ação em seu corpo.

Compartilhe! Conte aos amigos...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn

.

Comente