Nutrição Ayurveda

É um dos principais pilares da saúde para esta ciência surgida na Índia. Entretanto, apesar de estar em seu berço, nem todas as pessoas na Índia são conscientes ou têm acesso aos benefícios desse estilo de vida ancestral.

A culinária indiana aplica sofisticação no uso simples de um universo de especiarias. Mas, não devemos confundi-la com a nutrição.

Ayurveda considera medicina e dieta como complementares. Não é possível manter a vitalidade do corpo ou evitar doenças, sem considerar o poderoso efeito da alimentação na saúde física, clareza mental e evolução espiritual.

A diferença entre a nutrição ocidental e a Ayurveda, além da abordagem importante aos nutrientes, é que a Ayurveda considera os cinco elementos da natureza e o poder digestivo e pós-digestivo dos alimentos, como ferramentas importantes para a recuperação e manutenção da saúde.

Quando cozinhamos sob os preceitos Ayurveda é importante considerar o efeito de uma refeição tanto na mente, quanto no corpo.

Uma refeição equilibrada deve ter os seis sabores (Rasa)

  1. Madhura (Doce)
  2. Amla (Azedo/Acido)
  3. Lavana (Salgado)
  4. Katu (Picante)
  5. Tikta (Amargo)
  6. Kashaya (Adstringente)

E para equilibrar qualquer Dosha (energia individual) é sugerido um programa personalizado com os melhores sabores a ingerir e quais devem ser evitados, diminuídos ou até abolidos até alcançar a meta.

Compartilhe! Conte aos amigos...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn

.

Comente